top of page

SEXTA

17h - 20h

Sobre o evento

 

 

O Encontro Nacional de Ensino de Jornalismo (ENEJor), antigo Encontro Nacional de Professores de Jornalismo (ENPJ) é promovido anualmente pela Associação Brasileira de Ensino de Jornalismo (ABEJ), antigo Fórum Nacional de Professores de Jornalismo (FNPJ), com a finalidade de reunir docentes e discentes da área para refletir, trocar experiências e apresentar resultados de pesquisas sobre o ensino e a extensão na formação do jornalista.

O evento deste ano é o primeiro com o nome ENEJor e o quarto promovido com o nome de Associação Brasileira de Ensino de Jornalismo e será realizado de forma híbrida (de forma remota e presencial), por causa da pandemia do Covid-19.

Diversos eventos compõem a programação do 21º ENEJor, a saber: 17º Pré-Fórum da Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ); 12º Encontro Nacional de Coordenadores de Curso de Jornalismo; 17º Ciclo Nacional de Pesquisas em Ensino e Extensão em Jornalismo. Além deles, estão previstas atividades como lançamentos de livros, painéis de debates, e programação cultural.

Prêmio Abej

Pelo terceiro ano, será realizado também o Prêmio Abej, que confere reconhecimento a professor(a) de jornalismo. Podem ser indicados professores(as) de Jornalismo na ativa ou aposentados(as) vinculados a instituições de ensino superior no Brasil, doutores ou mestres, com ao menos 5 anos de docência. O(A) vencedor(a) será revelado(a) durante o 21º ENEJor. Confira o regulamento.

Cronograma

Submissões: até 07/03/2022

Aceites: até 20/03/2022

Inscrições: até 18/04/2022

Pagamento com desconto: até 31/03/2022

Pagamento sem desconto: até 18/04/2022

Realização do evento: 20 a 22/04/2022

Histórico

A primeira proposta de reunir professores dos cursos de Jornalismo surgiu de um grupo que participou do Seminário de Atualização para Professores de Jornalismo, promovido pelo Labjor da Unicamp, em 1994. No mesmo ano, a ideia foi levada para o encontro anual da Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação (Intercom), em Piracicaba (SP), ampliando o número professores interessados, e foi marcado o I Encontro Nacional de Professores de Jornalismo. Em ambas as ocasiões, foram feitas avaliações gerais sobre a realidade dos cursos de Jornalismo e a necessidade de realizar discussões sistemáticas visando à busca de novos caminhos a partir das experiências desenvolvidas pelos docentes.


O 1º Encontro Nacional de Professores de Jornalismo ocorreu durante o Intercom de 1995, em Aracaju (SE). Na oportunidade, vários temas foram levantados. Entre eles o Projeto Pedagógico para o curso de Jornalismo, o perfil dos professores de Jornalismo, o estágio e a inserção dos professores nos projetos de Pesquisa e Extensão. Foi reafirmada, ainda, a oficialização do Núcleo de Professores de Jornalismo junto à direção da Intercom, a fim de que as atividades a serem desenvolvidas passassem a fazer parte da programação da entidade. Como desdobramento, foi realizado o Simpósio Didático-Pedagógico de Professores de Jornalismo, em abril de 1996, na PUC/Minas, onde o debate sobre o processo pedagógico foi aprofundado. A segunda edição do encontro, que aconteceu durante o Intercom de 1996, em Londrina (PR), marcou a criação do que viria a ser a entidade. Entre as deliberações, ficou aprovada a denominação Fórum Nacional de Professores de Jornalismo como identificadora do grupo.

Depois, o Fórum foi se ampliando e, em 2004, constituiu-se como Pessoa Jurídica e continuou fortalecendo sua atuação na área de ensino e extensão em Jornalismo e, consequentemente, da pesquisa sobre esses aspectos na formação jornalística em nível superior. No ano de 2009, teve participação decisiva no debate sobre as Novas Diretrizes Curriculares (DCNs) em Jornalismo, atuação que continuou desde então, até a homologação das DCN no ano de 2013.

No 16º ENPJ, realizado e Goiânia, em 2016, foram aprovados em Assembleia mudanças no estatuto da entidade, entre elas o nome da entidade, para Abej e também a atuação, que passa a representar não apenas professores, mas estudantes e entidades envolvidas com o ensino do jornalismo no Brasil. No 17º Encontro, voltamos a ter encontros anuais, com objetivo de intensificar a troca e intercâmbio de experiências relacionadas ao Ensino, Pesquisa e Extensão em Jornalismo no País.


No encontro de 2018, realizado em Palmas, foi procedida a mudança estatutária, retomando a realização de Encontros Nacionais a cada ano, além de consolidar a alteração do nome para Associação Brasileira de Ensino de Jornalismo (Abej), aprovada em assembleia em 2016 quando o ENPJ foi realizado em Goiânia.

O 18º ENPJ foi realizado na Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG/PR) e o 19º Encontro, no ano de 2020, foi realizado pela Escola Superior de Propaganda e Marketing (ESPM) e  Escola de Comunicações a Artes (ECA) da Universidade São Paulo (USP) de forma remota.

O 20º ENPJ foi realizado de forma remota com o apoio do Labjor da Unicamp e nesse encontro foi aprovado em assembleia a nomenclatura para Encontro Nacional de Ensino de Jornalismo (ENEJor), que esse ano ocorrerá de forma híbrida no campus da Universidade Federal do Piauí (UFPI) com apoio de todos os Cursos de Jornalismo de Teresina: Universidade Estadual do Piauí (UESPI), Universidade Estácio de Sá, Faculdade R. Sá.

Como nos anteriores, a lógica é ampliar o intercâmbio de experiências relacionadas ao Ensino, Pesquisa e Extensão em Jornalismo no País. com larga folha de serviços prestados ao Jornalismo, ao ensino, à extensão e à pesquisa em Jornalismo no Brasil, formando hoje, junto com a Federação Nacional dos Jornalistas (FENAJ) e a Associação Brasileira de Pesquisadores em Jornalismo (SBPJor), um grupo de entidades que está à frente das lutas por um Jornalismo de qualidade no Brasil. Informações disponíveis no sítio: Inscrições (abejor.org.br) ou https://abejor.org.br/

enejorplayer.png

acesse o canal da abej

bottom of page